Croque Madame








2 embalagens de fiambre da perna extra Nobre
Mostarda Heinz
6 ovos
16 fatias de pão de forma
300 g de queijo

Molho Béchamel:
50 g de manteiga
50 g de farinha
500 ml de leite meio gordo 
1 pitada de pimenta branca Margão
1 pitada de noz-moscada
Sal q.b. (usei a flor de sal Marnoto)


Comece por derreter a manteiga, em lume brando, e junte-lhe a farinha, a pouco e pouco, mexendo continuamente. Vá juntando o leite, pouco de cada vez, mexendo sempre com uma vara de arames para que não crie grumos. Continue a mexer até sentir que o molho começa a engrossar. Tempere com sal, pimenta e um pouco de noz moscada e deixe cozinhar mais um pouco. Deixe amornar.
Coloque metade das fatias de pão num tabuleiro de forno, forrado com papel vegetal, umas ao lado das outras. Barre a superfície do pão com mostarda e, depois, com béchamel, usando um pouco mais de metade do que preparou.
A cada fatia, adicione também, queijo picado grosseiramente (reserve 1/3)  e três fatias de fiambre, dobradas. Cubra com as fatia de pão, que sobraram, e barre a sua superfície, de cada uma, com o restante béchamel e polvilhe com o queijo.
Leve ao forno, previamente aquecido a 200ºC durante 15 minutos.
Sirvas as croque madame com ovos estrelados no momento, deixando a gema mole.



Para acompanhar este prato, recomendo:

Touriga Nacional 
Terras do Minho Rosé
Quinta da Lixa

Castas: Touriga nacional
Região: Vinhos Verdes

A Touriga nacional é tida por muitos como a casta mais nobre entre as tintas de Portugal.
Cor vermelha bem viva, notações de morango e groselha, complementando com sugestões florais revelam a exuberância do aroma.
Na boca apresenta-se muito equilibrado, com boa acidez e notas gulosas de fruta fresca.
Um vinho volumoso e envolvente.


Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Nobre, Heinz, Margão e Quinta da Lixa pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.